Truques e astúcias : ​Mais e mais mulheres fazem isto depois de fazerem amor e estranhamente, é benéfico!

​Mais e mais mulheres fazem isto depois de fazerem amor e estranhamente, é benéfico!

Estranho, mas eficaz!

Publicado por Truques & Dicas em Truques e astúcias
Partilhar no Facebook
792 792 Partilhas

Mais e mais mulheres fazem isto depois de fazerem amor e estranhamente, é benéfico!

Esta estranha tendência revela-se eficaz na prevenção de infecções vaginais, as mulheres propensas a tais infecções devem lavar a vagina e secá-la com um secador de cabelo.

A Dr. Alyssa Dweck, uma ginecologista americana, falou deste método no seu livro " The Complete A to Z for your V " e a sexóloga alemã Beatrice Wagner concorda. "Durante o sexo com um parceiro, nós partilhamos uma grande quantidade de bacilos, o calor e a umidade da vagina torna-se um ambiente para a levedura. O nosso sistema imunológico resolve isso normalmente, mas se está propensa a infecções vaginais, seria melhor prevenir secando a área vaginal e os pelos púbicos, embora pareça estranho ", diz ela.  

Deve-se, então, lavar a vagina com água quente e secar a ar frio. Usar uma toalha limpa e seca também é uma alternativa, mas deve-se assegurar que a vagina não fica completamente seca, devemos preservar a umidade para não perturbar o seu equilíbrio.

As Infecções vaginais por levedura são um problema muito comum, 75% das mulheres desenvolvem-nas pelo menos uma vez nas suas vidas. Elas manifestam-se por prurido e sensação de queimadura nas áreas genitais, e um fluxo de cor branco amarelado e quebradiço. Os fungos por de atrás das infecções fúngicas são os Cândida albicans e Cândida galbrata.  

Outras condições podem provocar infecções vaginais por levedura, tais como mudanças hormonais (gravidez, por exemplo), distúrbios metabólicos (disfunção da tiróide), um sistema imunitário enfraquecido ou paragem nas pílulas anticoncepcionais. Higiene excessiva, duche, roupas íntimas sintéticas e roupas apertadas também podem ter algum impacto.

Se você acha que tem uma infecção deve consultar um ginecologista que irá recomendar o tratamento apropriado.

Partilhar no Facebook
792 792 Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye

Goste/partilhe