Uma mãe pede à escola do filho para parar de contar a Bela Adormecida por causa do assédio sexual que acontece na história

19 Visualizações
19
Uma mãe pede à escola do filho para parar de contar a Bela Adormecida por causa do assédio sexual que acontece na história
0
Partilhas
/ /

Com o caso de Weinstein e muitos outros, o assédio sexual tornou-se o principal problema na sociedade atual.

Com todos estes casos, muitas mulheres e homens exigem que estes comportamentos mudem.

E para uma mãe inglesa, isto tem de começar já desde pequenos.

Esta mãe, que vive em North Shields, pediu à escola do filho que parasse de contar a história da Bela Adormecida. De acordo com a mesma, a história contém um beijo não consentido, sendo assim, um assédio sexual.

Veja aqui o seu tweet acerca do assunto: 

Para Sarah Hall, os contos de fadas não deviam promover este tipo de comportamento.

Questionada pela imprensa, a mãe diz: “Eu acho que o fim desta história levanta questões acerca do consentimento do ato sexual”.

Sarah refere-se ao beijo que o príncipe dá à princesa enquanto ela está a dormir: “É de questionar se este ato é pertinente hoje em dia, se é apropriado?”, acrescenta.

De acordo com Sarah, este não é o caso: “Na nossa sociedade, não é apropriado. O meu filho de 6 anos absorve tudo o que vê e não é que ele possa fazer as mesmas coisas”, diz ela.

A mãe não reivindica a proibição da história, mas sim a abertura de um debate na turma acerca disso.

“As crianças têm um forte sentido de noção do que é bom e do que é mau, e contar-lhes estas histórias é uma boa forma de evocar-lhes isso. Podíamos explorar esta história e a sua relevância cultural ao falar sobre os erros deste conto, bem como o que está correto nele”, conclui Sarah.

  Partilhar no facebook